Blog
O que é taxa SELIC

O que é taxa SELIC

Essa sigla SELIC é o assunto mais comentado nos veículos de comunicação quando falamos da economia que nos afeta diariamente sem mesmo que nós possamos perceber.

Porém, mesmo com toda a exposição que o assunto tem, muita gente ainda não faz ideia do que seja esse índice. Por isso, é nossa função explicar o que é taxa SELIC, como ela interfere na nossa realidade em todos os sentidos e o porquê devemos saber deste assunto.

O que é taxa SELIC

A taxa SELIC é a taxa básica de juros da nossa economia, sendo definida e regulada pelo Banco Central do Brasil, ou BC, para fazer o controle da inflação dos produtos e bens produzidos em nosso país.

Funciona como o principal instrumento de política monetária e tem a função de influenciar todas as taxas de juros aplicadas no mercado financeiro.

O SELIC é a sigla para o Sistema Especial de Liquidação e Custódia. Mas o que seria isso? Esse sistema faz da infraestrutura do mercado financeiro sob operação do Banco Central.

Dentro deste sistema estão os nossos títulos públicos da União. Estes títulos são utilizados pelas instituições financeiras que realizam empréstimos de um dia entre si como forma de garantia para suas operações.

Nestes empréstimos há a taxa de juros aplicada em cada operação. A taxa média dos financiamentos que são realizados é o que dá forma à taxa SELIC. Mas essa definição de taxa não é jogada ao vento.

Como regulador, o BC tem um comitê de política integrada que define a meta desta taxa para servir como baliza a todos os outros tipos de operações. Com esse dado, o órgão opera no mercado de títulos públicos de modo a manter a taxa estável.

Conhecemos a parte teórica deste componente de juros. Agora, vamos ver o que é taxa SELIC no nosso dia a dia.

SELIC em nossa realidade

É bem possível que você já tenha visto durante o telejornal a notícia sobre o aumento ou a queda da taxa de juros básica e nem tenha se dado conta sobre a sua importância.

Saiba que é essa taxa que influencia todas as outras taxas de juros aplicadas no Brasil, inclusive a taxa de juros de:

  • Empréstimos;
  • Financiamentos;
  • Aplicações financeiros.

Para entender com detalhes como a subida ou queda do índice interfere completamente na nossa vida, saiba que:

1. Quando a taxa SELIC aumenta, os juros que são cobrados quando pedimos um empréstimo, um financiamento ou usamos o cartão de crédito aumentam, isso desestimula o consumo e cai a inflação.

2. Se a taxa diminui, fica mais barato pegar dinheiro emprestado e aumenta o consumo de bens e produtos.

Componentes políticos nacionais e internacionais, variações da economia mundial e particularidades da nossa economia são levados em consideração na hora de determinar o que é taxa SELIC para o mês em questão.

Consultoria Igor Barenboim

Igor Barenboim possui larga experiência no mundo corporativo e passagens pelo Ministério da Fazenda, onde atuou no Conselho Monetário Nacional e foi presidente do Conselho Fiscal do Banco de Investimentos do Banco do Brasil, e na Prefeitura do Rio de Janeiro.

Formado em economia pela PUC, mestre e Ph.D. em Harvard, atua como professor na Fundação Getúlio Vargas e tem dezenas de artigos publicados no Jornal do Brasil, O Globo e Valor Econômico.

Entende detalhadamente o que é taxa SELIC e como isso interfere na vida dos investidores na hora de montar o planejamento financeiro.