Blog
Entrevista de Igor Barenboim para Valor Econômico

O que significa IPCA

 

Ao ligar a TV é impossível que você não tenha ouvido pelo menos uma vez o termo IPCA sendo utilizado nas notícias e se perguntou o que significa IPCA e por que faz ele faz tanta diferença no nosso dia a dia.

Mas não se preocupe, hoje vamos explorar um pouco mais deste tão suado jargão nas notícias e porque ele é tão importante para a economia do país.

O que significa IPCA

Em uma rápida tradução, o IPCA é a sigla de Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, e é com base nesse índice que se calcula a inflação do Brasil.

As informações são calculadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mensalmente.

O Banco Oficial também utiliza os índices de IPCA como parâmetro oficial para definir os valores da inflação.

Existindo desde 1979, surgiu como forma de simplificar a identificação da variação dos preços de diferentes setores como:

  • Habitação;
  • Educação;
  • Alimentícia;
  • Transporte;
  • Entre outros.

O Conselho Monetário Nacional (CMN) estabelece as metas inflacionárias e essas são analisadas de acordo com os resultados do IPCA.

O salário mínimo também conta com seus reajustes baseados em resultados no índice.

O IPCA não define o valor de produtos e afins, mas é afetado por eles, se os preços de um mercado elevam, a taxa tende a seguir o mesmo curso.

Como é calculado o IPCA

A cada mês o IBGE faz a pesquisa de gastos dos prestadores de serviço, estabelecimentos comerciais, prestadores de serviços públicos e domicílios.

É importante lembrar que mesmo que o IBGE seja uma grande instituição, não se é possível analisar cada município e casa, portanto ficou estabelecido que a  pesquisa concentra-se em centros urbanos.

Com os dados de cada região em mãos, o IBGE faz a soma desses índices para chegar ao valor da inflação anual.

Por conta das diferenças em tamanhos de população e quão relevante é aquela região para a economia, cada índice possui um peso diferente na soma final inflacionária.

Acompanhe nosso blog para mais dicas de economia

 

Com larga experiência no mundo corporativo e passagens pelo Ministério da Fazenda, onde atuou no Conselho Monetário Nacional e foi presidente do Conselho Fiscal do Banco de Investimentos do Banco do Brasil, e na Prefeitura do Rio de Janeiro, Igor Barenboim possui know-how para te dar as melhores dicas sobre o mercado financeiro.

 

Formado em economia pela PUC, mestre e Ph.D. em Harvard, atua como professor na Fundação Getúlio Vargas e tem dezenas de artigos publicados no Jornal do Brasil, O Globo e Valor Econômico.